Flamengo tem direito de resposta a comentarista da ESPN negado, mas irá recorrer

Bolívia 28/06/2020 Relatar Quero comentar

Após algumas declarações de Gian Oddi, comentarista da ESPN, no Linha de Passe que aconteceu no dia 16 de março, o Flamengo pediu direito de resposta, mas foi negado. A 14ª Vara Cível do Estado do Rio de Janeiro não concordou em primeira instância com o posicionamento do clube. O clube aponta “falta de verdade” nas declarações do jornalista.


O comentarista chamou a diretoria rubro-negra de “desumana” durante sua participação no programa. Oddi ainda fez duras críticas aos dirigentes por estarem brigando pelo retorno do Campeonato Carioca.


– Para mim, o mais estarrecedor de tudo é a postura do Flamengo na reunião de tentar continuar o campeonato. E eu acho inacreditável por como são os dirigentes do Flamengo. Então nada justifica a postura desses dirigentes de tentarem manter o campeonato porque eles sabem muito bem quais são as possíveis consequências. É uma diretoria desumana -, disse o jornalista.


Mesmo com o primeiro pedido negado, o Flamengo já entrou com recurso em segunda instância para ter o direito de resposta. A ESPN poderá pagar uma multa de até 30 mil reais se não entregar a cópia requerida pela Justiça.

Comentário do usuário
Você pode gostar
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.