Jogador morreu antes do auge a caminho de uma comemoração com sua família

Bolívia 24/06/2020 07:03 Relatar

O auge —aquele auge mesmo— ainda não tinha chegado. Mas tudo parecia muito perto, se apertasse o olho já dava para enxergar. Não é todo jogador que sai do Bahia para o Vasco e num ano só acaba campeão nacional e continental. Clébson era o cara. Lateral-direito promissor, elogiado. Uma convocação à seleção, como já tinha acontecido com todo aquele time estrelado do Vasco, era uma realidade batendo na porta.

Quem já estava de olho era o Cruzeiro. O Palmeiras, também.

Foi numa folga da rotina do Vasco que Clébson decidiu viajar para a Bahia, sua terra natal. Voou para Salvador. Lá, pegou o carro para percorrer os 400 km que faltavam até Itiúba. Antes, ligou para a família e fez um pedido: que ninguém saísse de casa naquela sexta-feira, 22 de junho. Ele traria uma boa notícia, que ia mudar a vida de todo mundo.

Foi uma correria só para armar uma festinha de recepção a Clébson. Festinha, não. Uma festa junina tipicamente nordestina, com tudo o que tem direito. Dia de São João é 24, nada mais propício. Pula fogueira, iaiá.

Então, essa notícia nunca foi dada. A festa não aconteceu. Um acidente na estrada naquela noite matou Clébson aos 22 anos. Antes do auge, antes da notícia, antes da festa. Para Carmerinda, sua mãe, junho nunca mais foi mês de comemorar. É mês de reviver feridas, chorar o luto, encarar as dores e pensar na história que poderia ter sido, mas não foi. E também recordar o que foi.

Por razões diferentes, 19 anos depois desta tragédia, este junho também é um mês sem as tradicionais festas juninas —na Bahia ou em qualquer lugar. Antes, pela dor de uma família. Hoje, pela dor de quase 50 mil delas.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar

©2020 ouugame.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.