LUTO: Após ter salvo muitas vidas, enfermeira morre de COVID-19 e muitos lamentam sua morte

Noticia de Agora 10/08/2020 Relatar Quero comentar

A enfermeira Fernanda Pires de Sousa, de 26 anos, morreu nesta terça-feira (4) em decorrência do coronavírus em Caldas Novas, no sul do estado. De acordo com o prefeito Evandro Magal (PP), a jovem trabalhava no Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, unidade da rede particular, onde também ficou internada para tratamento da Covid-19.

O G1 tentou contato entre 15h30 e 15h40, por telefone, com o Hospital Nossa Senhora Aparecida, mas as ligações não foram atendidas até a última atualização desta reportagem.

Fernanda ficou 12 dias internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nas redes sociais, o prefeito de Caldas Novas lamentou a morte.

"Quando eu digo que essa doença é terrível, eu não estou brincando. Não podemos desacreditar deste mal.(...) O vírus não escolhe. Ele é terrível. Estou muito triste. Uma jovem, com toda vida pela frente, sonhos e planos interrompidos por este mal”, disse em um trecho da mensagem.

Amigos da enfermeira, que se formou pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), também deixaram mensagens de carinho e luto.

“Luto por uma amiga guerreira, que lutou bravamente contra este vírus (...) Muito triste uma despedida muito precoce desta vida. Você gostava muito de ajudar e servir bem as pessoas. Alegre, dedicada e sempre sorridente. É esta lembrança que vai ficar em minha memória para sempre”, disse uma colega.

 

Fonte: G1

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.