Regina Duarte desabafa e diz que foi traída por Bolsonaro

4IR4I 05/07/2020 Relatar Quero comentar

Passados 15 dias após deixar o cargo de Secretária Nacional de Cultura do governo Jair Bolsonaro, Regina Duarte se pronunciou sobre sua saída do governo. A atriz revela que aceitou o convite do presidente por amor ao país, mas se encontrou, segundo suas palavras, "enredada num universo muito mais preocupado com Ideologias do que com Cultura".

"E por falar em Cultura... ... aceitei assustada o convite para a Missão. Aceitei por amor ao meu País, por paixão irrefreável por Arte e Cultura, por confiança no governo Bolsonaro. Aceitei porque muita gente, muita gente mesmo, quando cruzava comigo, em qualquer lugar, com o olho brilhando de esperança, dizia: 'Aceita, Regina!' Minha inexperiência em gestão pública foi crucial para que eu descobrisse, até com certo atraso, que o Projeto de Cultura com que sempre sonhei era inviável, porque eu estava enredada num universo muito mais preocupado com Ideologias do que com Cultura", escreveu a atriz.

Comentário do usuário