Estudo britânico identificam 1ª Remédio disponível no mercado que reduz mortes de pacientes de Covid-19

Notícias On-line 16/06/2020 14:11 Relatar

LONDRES - Um medicamento barato e amplamente disponível no mundo, chamado dexametasona, pode ajudar a salvar milhares de pacientes com  em estado grave. É o que aponta resultados da série Recovery, o maior ensaio clínico mundial que testa tratamentos existentes no mercado para verificar se eles são eficazes no combate ao coronavírus. A pesquisa é conduzida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Especialistas afirmam que o tratamento com corticoides em dose baixa é um grande avanço na luta contra o novo coronavírus. A medicação reduziu em um terço as mortes de pacientes internados com ventiladores mecânicos. Entre os doentes fazendo uso de oxigênio, menos graves, a diminuição no número de mortes foi de cerca de 20%. Para pacientes com sintomas leves da Covid-19, o estudo não indica o uso do corticoide.

"Este é o único medicamento até o momento que demonstrou reduzir a mortalidade de forma significativa. É um grande avanço", disse o chefe do estudo, Peter Horby, à BBC.

Os pesquisadores estimam que, se o medicamento estivesse disponível no  desde o início da pandemia, até 5.000 vidas poderiam ter sido salvas. Por ser barato, o tratamento também pode ser de grande benefício em países pobres que contabilizam um número alto de pacientes com Covid-19.

Quase 19 dos 20 pacientes com a Covid-19 melhoram sem precisar de hospitalização. Dos que são internados, a maioria também melhora, mas alguns podem precisar de oxigênio ou ventilação mecânica. Estes são os pacientes de alto risco que o corticoide parece ajudar.



Para o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Clóvis Arns da Cunha, os resultados do estudo revelam "impacto em reduzir a mortalidade".

- Todo paciente com Covid-19 em ventilação mecânica e os que n ecessitam de oxigênio fora da UTI devem receber dexametasona via oral ou endovenosa. Medicação barata e de acesso universal. Dia histórico no tratamento da Covid-19 - afirmou o especialista, em nota.

O medicamento já é usado para reduzir a inflamação em várias outras condições. Segundo o estudo, o remédio pode também ajudar a reduzir os danos que podem ocorrer quando o sistema imunológico do corpo entra em ação e produz uma tempestade de citocinas durante o combate ao coronavírus. O corticoide também ajuda na prevenção e combate de embolias, um dos efeitos colaterais da Covid-19.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 ouugame.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.