Assassinos de filha de policial, ex-namorado e comparsa, são mortos em Abaetetuba

NSHOW 20/07/2020 Relatar Quero comentar

Cleyson Benedito Silva Dias, principal suspeito do assassinato de Andressa Vilhena, filha de um policial, e o seu comparsa foram mortos neste domingo (19), durante uma ação da Polícia Civil. De acordo com informações das autoridades, eles foram encontrados em uma casa na área de mata localizada no ramal do Caeté, no município de Abaetetuba.


 

Ainda segundo a Polícia, durante a ação, houve troca de tiros com as equipes da Superintendência Regional do Baixo Tocantins. Cleysson Benedito da Silva, executor e ex-namorado da vítima, e Samuel Cardoso Rodrigues, que deu apoio na fuga de Cleysson, morreram durante intervenção policial. Com eles foram encontradas uma pistola .40 e uma arma de fabricação artesanal.

A dupla estava em uma área de mata, dentro de igarapé, tentando fugir. 

 

De acordo com a delegada Renata Gurgel, titular da Superintendência Regional do Baixo Tocantins, a polícia conseguiu localizar o paradeiro dos suspeitos com a ajuda da população. 

"A polícia já entrava no quarto dia de diligência incessantes pelas matas do município, e graças a participação da população, foi possível encontrar a localização exata em uma comunidade. Quando os policiais foram realizar a missão, os criminosos efetuaram disparos e os policiais revidaram. Eles foram alvejados e vieram a óbito. A arma usada para a prática do crime que vitimou a jovem Andressa, foi apreendida, tratando-se de uma pistola de uso exclusivo das forças policias, pertencente a Polícia Militar do Estado do Pará", explicou a delegada. 

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.