JOSÉ DE ABREU É CONDENADO A PAGAR 20MIL APÓS FAKE NEWS CONTRA BOLSONARO

Breno23029923 04/07/2020 Relatar Quero comentar

APOS FAKE NEWS, JOSE DE ABREU É CONDENADO A PAGAR 20 MIL APOS DISSEMINAR FAKE NEWS

Anúncios

Já comprei

O anúncio cobriu o conteúdo

Não quero ver o anúncio

Anúncio visto várias vezes

Tentaremos não exibir esse anúncio novamente

Anúncio fechado por

" id="google_ads_iframe_1" style="border: 0px !important; margin: auto; padding: 0px !important; display: block; height: 250px; max-height: 100%; max-width: 100%; min-height: 0px; min-width: 0px; width: 340px; position: absolute; top: 0px; left: 0px; bottom: 0px; right: 0px;">

“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad [serviço secreto de Israel], com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM [primeiro-ministro] israelense, o fascista matador e corruptor Bibi [Benjamin Netanyahu]”, publicou o ator no dia 1º de janeiro do ano passado.

José de Abreu apagou a postagem após repercussão negativa, mas a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, por meio de seus advogados, entrou com um pedido de indenização por danos morais.

No julgamento de 1ª Instância, a juíza Claudia Carneiro Calbucci Renaux, da 7ª Vara Cível de São Paulo, considerou que ele “não se limitou a mera crítica em relação ao atual cenário político, mas fez verdadeira afirmação quanto à existência de um conluio entre o governo de Israel, a igreja evangélica e o hospital com o propósito de cometer ato criminoso”. Os advogados do ator recorreu da decisão, mas o TJ-SP manteve a decisão. 

O ator ainda não se posicionou sobre a condenação.

Anúncios

O anúncio cobriu o conteúdo

Anúncio visto várias vezes

O anúncio era inadequado

Não quero ver o anúncio

Tentaremos não exibir esse anúncio novamente

Anúncio fechado por

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.