Neymar pode ser preso por homofobia após áudio sobre o ex-namorado da mãe vazar

Beatriz 16/06/2020 Relatar 我要评论

Neymar pode ser preso por crime de homofobia: Ativista pede prisão de Neymar e os ‘parças’ após áudio vazado

O áudio de Neymar, 28, falando sobre seu padrasto, Tiago Ramos, 23, com seus amigos, está sendo denunciado no Ministério Público de São Paulo.

Na gravação, vazada por Leo Dias do Metrópole na última sexta (6), o jogador xinga o modelo e fala sobre uma suposta briga com sua mãe, Nadine Gonçalves.

Depois de um aúdio no qual Neymar ameaça o ex-padrasto vazar, o Ministério Público de São Paulo aceitou uma queixa crime contra o jogador.

A Associação LGBTQ+ acusa Neymar de homofobia, ameça de morte e formação de quadrilha e o advogado do grupo pede que o jogador seja preso.

Assiste o vídeo de Balanço Geral:

Gostou dessa matéria? Compartilhe para seus amigos e familiares! Obrigada!

用户评论
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.