Guarda que foi humilhado por desembargador ganha medalha, e filhos choram de orgulho

007 21/07/2020 20:45 Relatar

O guarda chamado de “analfabeto” por um desembargador em Santos, no litoral de São Paulo, foi homenageado nesta segunda-feira, 20 de julho. O guarda municipal Cícero Hilário, de 36 anos, e seu colega na função, Roberto Guilhermino, de 41 anos, sofreram intimidações do desembargador Eduardo Siqueira. Tudo porque pediram ao jurista que usasse a máscara de proteção. O item é obrigatório na região. 

Mesmo sabendo das leis, o desembargador não só não aceitou colocar a máscara de proteção, como também rasgou a multa entregue pelos guardas. Ambos

guardas humilhados foram homenageados pelo prefeito do município de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, do PSDB. Eles receberam a chamada medalha de conduta exemplar.

Família de guarda chamado de analfabeto por desembargador se emociona em homenagem 

Cícero Hilário levou a família. Durante a homenagem, os filhos do guarda municipal chegaram a chorar de orgulho do pai. “Fico muito contente pelo reconhecimento ao nosso trabalho”, começou Hilário ao falar sobre o tema. 

O outro guarda municipal, Guilhermino, disse que é importante sempre ter calma durante esse tipo de abordagem. Ele lembrou que o cidadão em questão estava muito hostil e que momentos assim são bastante delicados. Guilhermino lembrou que já está há 18 anos na função e que apenas fizeram o trabalho que são instruídos.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 ouugame.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.