Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a sexta

jonesalbuesoficial@gmail.com 07/08/2020 Relatar Quero comentar

Covid-19: Brasil chega a 98 mil mortes e 2,9 milhões de casos, Bolsonaro assina MP com R$ 1,9 bi para vacina da Covid-19, Bolsonaro questiona dados e diz que médicos "pouparam autópsias" com diagnóstico de Covid-19, Bolsonaro diz que fez 'o possível e o impossível' para evitar mortes por Covid-19, Brasileira teve reinfecção do coronavírus em 50 dias, Ministério da Justiça diz ao STF que "não produz dossiês contra nenhum cidadão", Flávio Bolsonaro pede troca de promotores na investigação sobre 'rachadinha' e PF realiza operação contra desvios na Saúde envolvendo órgãos federais.

Confira o que você precisa saber para começar a sexta-feira, dia 7 de agosto de 2020:

Covid-19: Brasil chega a 98 mil mortes e 2,9 milhões de casos
O número de casos do novo coronavírus no Brasil subiu para 2.912.212 e o total de mortes chega a 98.493. Os dados, divulgados na noite desta quinta (6), constam no painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.

Bolsonaro assina MP com R$ 1,9 bi para vacina da Covid-19
O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira medida provisória que abre crédito orçamentário de 1,9 bilhão de reais para assegurar a compra de 100 milhões de doses e posterior produção local da possível vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca e a Universidade de Oxford, e disse esperar ter o problema da pandemia resolvido com a vacinação da população no início de 2021

Bolsonaro questiona dados e diz que médicos "pouparam autópsias" com diagnóstico de Covid-19
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) utilizou sua live semanal nas redes sociais, nesta quinta-feira (6), para falar sobre o trabalho do governo federal para o enfrentamento da pandemia do coronavírus. Ao lado do ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello, Bolsonaro falou sobre a vacina que será financiada pelo governo federal, defendeu o uso de hidroxicloroquina e questionou o número de mortos do país – que superou a taxa de 98 mil nesta quinta. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro diz que fez 'o possível e o impossível' para evitar mortes por Covid-19
Com quase 100 mil mortes por Covid-19 registradas no país, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira (6) que está com a consciência tranquila e que fez "o possível e o impossível" para salvar vidas.

 

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.