Como se aceitar do jeito que você é? 5 Dicas Inteligentes Para Aprender a se Aceitar!

deboices 25/07/2020 Relatar Quero comentar

Se você der uma busca na internet, vai perceber que existem muitas pessoas focadas em falar desse assunto. Ensinar como se aceitar. Mas percebi também, que muita coisa não faz sentido. Não está errado. Apenas não faz sentido para mim.

Nessa busca por autoconhecimento, acabei percebendo que alguns comportamentos em relação a mim mesma, geram consequências que afetam diretamente a minha vida. 

Elucidei alguns pontos que quero compartilhar com vocês, para que desta maneira, vocês consigam aplicar o que lhes fizer sentido.

Por que as pessoas sentem dificuldade para se aceitar? Autoaceitação

Existe diálogo interno, que fazemos a nosso respeito. E geralmente esse diálogo não tem um bom tom. Vem carregado de deboche e críticas pessoais, que fazem com que a autoestima fique baixa.

Por exemplo:

“você não vai conseguir” – “você não vai dar conta disso” – “você nunca faz nada certo” você é burra”, etc…

Esse tipo de discurso interior vai minando a sua autoaceitação. Desestimula você aos poucos, através desses julgamentos e comentários negativos de si mesma.

5 passos para que você comece a trabalhar a autoaceitação:

1 – Pare de se comparar.

Comparar seu potencial consigo mesma pode ser mais produtivo do que a comparação com outras pessoas.

2 – Pare de dar ouvidos à opinião dos outros

As opiniões alheias, mesmo as das pessoas que você mais respeita, podem ser subjetivas. Não muda a sua essência para agradar ninguém. Cada vez que você se isola para agradar outra pessoa, você satisfaz os interesses dela, mas os seus, ficam de lado.

Acredito que a melhor parte da história da Humanidade foi escrita por pessoas que tiveram coragem de confrontar opiniões.

3 – Troque o vitimismo pela responsabilidade

Temos plena consciência de que somos as principais responsáveis pelas coisas que acontecem em nossas vidas e que somos responsáveis pelas escolhas que fazemos e que moldam a pessoa que somos e podemos ser.

4 – Pratique o autoconhecimento

Conhecer-se, é o primeiro passo para tomar consciência das atitudes destrutivas que temos e muda-las.

O autoconhecimento pode apresentar imperfeições que você não identificaria sem este processo, mas acredito que proporcionaria maiores condições de estabelecer uma autoestima saudável.

5 – Mantenha uma atitude positiva em relação a si

A única maneira de mudarmos a percepção que temos de nós mesmos é mudando a forma como fazemos a nossa autocrítica. Isso só nós podemos fazer.

Procure prestar atenção nas pequenas atitudes destrutivas e enfrente-as com palavras de amor próprio.

Lembre-se de que você é perfeita através de sua imperfeição.

Veja suas deficiências e limitações como ponto de partida para mudanças, visando seu aperfeiçoamento e evolução com ser humano.

Comentário do usuário