Existe, sim, humor em Cuba; conheça alguns destaques

Amélia 19/08/2020 Relatar 我要评论

Marcelo Tas causou polêmica ao dizer, durante a entrevista de Marcelo Adnet no "Roda Vida" (TV Cultura), que Cuba não tinha humoristas e que era um "país triste" (no vídeo abaixo) —e manteve a opinião em uma entrevista.

Mas não é bem assim

Em Cuba também se faz comédia... E o país está cheio de comediantes que também cresceram na TV, no stand-up ou até nas redes sociais. Listamos abaixo alguns deles para você conhecer.

Luis Silva

O comediante de 41 anos é um dos mais famosos do país com seu alter-ego Pánfilo, protagonista de um programa chamado "Vivir del Cuento" —que se tornou querido no país por satirizar algumas dificuldades do dia a dia dos cubanos.

Silva ficou conhecido internacionalmente após gravar uma esquete, em 2016, com o então presidente americano Barack Obama —logo antes de ele fazer uma visita história a Cuba (Obama, vale lembrar, foi o primeiro presidente americano a pisar na ilha desde 1959).

Robertico Comediante

O humorista de 50 anos, que na verdade se chama Roberto Riverón, fez sua carreira no stand-up, com shows em outros países da América Latina, na Europa e até nos Estados Unidos. Hoje, ele tem quase 250 mil seguidores no Instagram e acumula mais de 14 milhões de visualizaçõe.

Carlos Gonzalvo

O ator de comédias, de 50 anos, tornou-se famoso com um personagem chamado professor Mentepollo, que poderia muito bem estar em programas como "A Praça É Nossa" e "Escolinha do Professor Raimundo".

Virulo

Também da velha guarda, o comediante e cantor de 65 anos costuma unir as duas coisas e, neste ano, lançou uma música sobre a crise do coronavírus em que critica o presidente americano Donald Trump, comparando-o a um morcego.

用户评论
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.