“Ele tinha ciúmes das roupas, das fotos, até quando ela conversava comigo” disse mãe de adolescente de 15 anos que foi morta pelo namorado de 35

Fatos & Notícias 15/07/2020 Relatar Quero comentar

O inquérito foi concluído pela Polícia Civil a respeito da morte da adolescente Sulamita Ribeiro de 15 anos, ela foi morta pelo namorado e enterrada no quintal da casa que era usado como ponto de drogas.

O caso aconteceu no ano passado em Cariacica, o caso percorreu 8 meses de investigação para descobrir o assassino de Sulamita, os investigadores descobriram o corpo enterrado em uma cova rasa no quintal de uma casa, a família ainda lida com a perda e a saudade de uma menina alegre e sonhadora.

Segundo a Polícia Civil, a jovem de 15 anos foi morta pelo namorado de 35 anos, Núbia Barbosa mãe da adolescente, disse que está aliviada por descobrir o que aconteceu, disse que o casal ficou junto durante um ano, ele era muito ciumento por isso havia muitas brigas, muitas discussões, o rapaz sempre queixava das roupas, das fotos e dos amigos que Sulamita tinha.

Segundo a mãe a adolescente nunca falava com ela sobre o namorado, ou como estava o relacionamento, foi a mãe de Sulamita que procurou a delegacia para informar o desaparecimento, 4 dias depois a polícia através de denúncia anônima, encontrou o corpo enterrado, estava em estado avançado de decomposição.

Segundo os policiais o corpo foi encontrado uma semana após o sumiço de Sulamita, segundo informações da Polícia Civil, a jovem tinha saído de casa enviou uma mensagem para mãe, dizendo que estava no terminal e já estava voltando, mas não voltou mais.

O pai da adolescente José Ricardo, disse que a dor é muito grande e está sendo difícil lidar com essa perda.

O suspeito do crime segundo o delegado, tinha envolvimento com tráfico de drogas, o celular da vítima estava com ele, a casa onde o corpo foi enterrado era usado como ponto de tráfico de drogas, a mãe desabafou dizendo que nunca mais verá a filha, mas ficar feliz por ver a justiça sendo feita.

Comentário do usuário