Justiça Eleitoral de SP bloqueia R$ 11 milhões em bens de Geraldo Alckmin

EM DIREITA 05/08/2020 17:30 Relatar

A Justiça Eleitoral de São Paulo determinou na última sexta-feira, 31, o bloqueio de até R$ 11.300.000,00, sobre imóveis e valores constantes nas contas bancárias do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Além do ex-governador, foram indiciados o ex-tesoureiro do PSDB Marcos Antônio Monteiro e o advogado Sebastião Eduardo Alves de Castro.

No mês passado, a Justiça Eleitoral aceitou a denúncia do Ministério Público contra o tucano por falsidade ideológica eleitoral (caixa dois), corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Com isso, Alckmin virou réu no processo.

O bloqueio é resultado de investigações da Operação Lava Jato, iniciada pela Polícia Federal a partir das delações premiadas de executivos do Grupo Odebrecht.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 ouugame.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.