Brasil é destaque no mundo por não divulgar dados de mortes por covid-19, e governo toma atitude

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 09/06/2020 Relatar Quero comentar

Com o destaque “Bolsonaro esconde número de mortes e total de casos por coronavírus no Brasil”, o jornal da Inglaterra, The Guardian, um dos mais influentes de toda a Europa, classificou isso como uma forma de tentar ocultar os números reais da doença pelo país

Já no final do dia, o mesmo tabloide fez um artigo, destacando que o país deixa de divulgar números de óbitos por Covid-19 e apaga os dados do site oficial. Segundo Dom Phillips, o governo do Brasil está sendo acusado de “totalitarismo e censura”.

Outro jornal britânico, o Financial Times, classificou Jair Bolsonaro como um governante de extrema direita, que está subestimando a gravidade do que está acontecendo no país e no mundo. O The Washington Post, dos Estados Unidos, destaca que, conforme os casos de morte no Brasil só aumentam, o presidente limita divulgação das informações.

A repercussão negativa dessa medida se estende para a televisão também. A rede americana ABC reproduz que o Brasil eliminou o total de mortes por Covid-19, deixando especialistas no caso em tom de perplexidade. Por fim, até a emissora Al Jazeera, que tem enorme influência no mundo árabe, publicou e destacou a omissão de números do novo coronavírus no Brasil.

Governo toma atitude
Devido a repercussão negativa dessa media, o governo brasileiro tomou uma medida e explicou novas práticas em nota:  “O Ministério da Saúde está finalizando a adequação da divulgação e ferramentas de informação sobre casos e óbitos de Covid-19. Neste domingo (7), poderão ser conferidos os extratos da plataforma em desenvolvimento referentes ao Brasil, regiões nacionais, estados, capitais/regiões metropolitanas, com os respectivos gráficos de evolução diária dos novos registros”.

Comentário do usuário