Motoboy vítima de racismo conta com apoio de famosos e deve ter mudança de vida

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 08/08/2020 Relatar Quero comentar

A vida de Matheus Pires, de 19 anos, está passando por uma mudança radical. Até esta quinta-feira (06), o rapaz de Valinhos, interior de São Paulo, era um dos milhões de anônimos do Brasil, que trabalham para ganhar a vida e ajudar a família a pagar as contas no fim do mês.

Na quinta, o jovem foi vítima de racismo em um condomínio de classe média da cidade do interior. O vídeo foi parar nas redes sociais e conta com milhões de visualizações. Matheus Pires deixou de ser anônimo e está bastante conhecido. Em seu Instagram, já ultrapassou a marca de 200 mil seguidores.

O rapaz conversou com Luciano Huck por videochamada e tem recebido o apoio de muitos famosos. A vida de Matheus deve dar uma guinada. Huck, por exemplo, prometeu uma moto para ele. O motoboy está trabalhando com a do pai porque a dele está com problemas no motor.

Marcos Mion divulga vaquinha para ajudar Matheus
Apresentador da RecordTV, Marcos Mion, usou sua conta oficial no Twitter para divulgar a vaquinha oficial que está sendo em prol de Matheus. O objetivo é arrecadar R$ 35 mil, mas o valor arrecadado deve ser bem maior. Por volta das 17h, a vaquinha contava com pouco mais de R$ 6 mil doados. Às 18h40, o valor estava chegando a R$ 24 mil.

O homem que cometeu injúria racial contra Matheus foi identificado. Reinaldo Gottino, também apresentador da Record TV, informou o nome completo do agressor e disse que ele é filho de uma advogada da cidade de Valinhos. O homem, que também chama Mateus, foi à delegacia porque o motoboy registrou boletim de ocorrência.

Comentário do usuário