Brasileiras deixam de usar roupa de ginástica do seu gosto por medo de assédio

Amélia 09/03/2020 03:49 Relatar

"Que beleza, hein, morena?", "Tira esse shortinho" e "Se eu te pego, faço um estrago" foram algumas das frases relatadas por mulheres durante um levantamento feito para saber se praticantes de atividade física já sofreram algum tipo de assédio sexual.

A pesquisa realizada pela Smart Fit em parceria com a Opinion Box, com 1.050 brasileiras, perguntou se elas já passaram por esse tipo de violência especificamente no caminho para o treino.

De acordo com o estudo, 54% das entrevistadas já ouviram comentários desconfortáveis no trajeto. Muitas disseram que já deixaram de usar alguma roupa de ginástica que gostariam de vestir por medo de algum homem mexer com elas.

A Smart Fit produziu um vídeo com a Pletora Filmes pelas ruas de São Paulo e gravou o trajeto de dez mulheres até o local de treino, em diferentes bairros da cidade.

"Nunca achei que seria tão explícito. Pelo filme deu pra ver todo o tipo de assédio, de todas as idades, e dirigido a todos os tipos de mulheres", relata Renata Ursaia, diretora do vídeo de #DEIXAELATREINAR.

A pesquisa ainda mostrou que mais de 80% das mulheres preferem se locomover a pé para irem treinar.

Para Louise Bussi, produtora de eventos e participante da campanha 'Deixa Ela Treinar', não é possível se sentir segura em São Paulo. "Participar da ação foi apenas comprovar o que costumo passar no meu cotidiano. As pessoas têm que entender que nosso corpo não é um convite. Nós queremos andar livres, independentemente da roupa que estamos usando. É péssimo você andar na rua e se sentir um pedaço de carne".

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 ouugame.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.