Governador Zema anuncia R$ 416 mi de investimento na Bacia do Rio Doce, desses 75 milhoes e destinado para terminio do hospital Regional!

EM DIREITA 04/08/2020 Relatar Quero comentar

O  anunciou, nesta terça-feira (4/8), investimentos de R$ 416 milhões para ações integradas de reparação na Bacia do Rio Doce, em razão dos prejuízos causados pelo rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana, em 2015.

Os recursos são resultantes de ações integradas articuladas pelos governos de Minas Gerais e do Espírito Santo e pelo Fórum Permanente dos Prefeitos do Rio Doce. O acordo com a Fundação Renova para o repasse financeiro foi homologado nesta terça-feira (4/8) pela 12ª Vara de Fazenda Federal.

Do montante, R$ 188 milhões serão utilizados para promover melhorias em escolas estaduais e municipais localizadas nas cidades impactadas pelo rompimento da barragem. O projeto beneficiará 34 municípios e 210 escolas estaduais. Entre as melhorias previstas, há obras, aquisição de mobiliário, infraestrutura tecnológica, criação de laboratórios e fomento à educação profissional.

Também serão realizados investimentos para a pavimentação de estradas de acesso ao Parque do Rio Doce, retomada das obras do Hospital Regional de Governador Valadares e implantação de Distrito Industrial em Rio Doce, ação que será executada pelo município.

Na avaliação do governador Romeu Zema, o anúncio de hoje é, ao mesmo tempo, motivo de orgulho e constrangimento.

“Orgulho porque o Governo de Minas está entregando um conjunto de investimentos que beneficiará a população mineira, sobretudo os cidadãos afetados pela tragédia”, disse.

Já em relação ao constrangimento, Zema chamou atenção ao fato de a homologação dos repasses acontecer cinco anos após o acidente de Mariana.

“Isso demonstra que está longe de fazermos justiça como ela deve ser feita. Não é razoável alguém receber uma indenização ou uma compensação cinco anos depois”, criticou.

O presidente do Fórum de Prefeitos e prefeito de Mariana, Duarte Júnior, enalteceu o trabalho do governador ao dar abertura aos municípios atingidos para que os pleitos fossem atendidos.

“Apesar da dificuldade financeira que Minas enfrenta, vejo o empenho do governador para que haja uma construção conjunta para a destinação dos recursos”, enfatizou.

O prefeito também destacou a transparência da atual gestão com o dinheiro público. Segundo ele, ser um gestor com recurso é muito fácil. Agora, ser um gestor sem recursos e cumprir as obrigações é muito difícil. “O governador Zema cumpre suas obrigações e, por isso, merece nosso reconhecimento”, frisou.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.