Prestes a se casar, mulher grávida de 5 meses morre de coronavírus; bebê também morreu

Yasmim 12/06/2020 Relatar Quero comentar

Os números de mortes em decorrência do novo coronavírus tem aumentado de maneira exponencial. Só no Brasil, o índice de óbitos por causa da Covid-19 ultrapassou 40 mil, enquanto as ocorrências da doença passa dos 800 mil no país.

Uma das vítimas fatais mais recentes do novo coronavírus no Brasil é Mariuza Lima, uma mulher de 41 anos de idade, que faleceu na última quarta-feira (10/06), depois de precisar ficar internada por mais de uma semana.

Depois de apresentar os sintomas da doença, Mariuza, que estava grávida de cinco meses de Heitor e morava em Pontes e Lacerda, foi levada para uma unidade de saúde da cidade de Cáceres, localizada a 220 quilômetros de Cuiabá. 

A gestante passou 10 dias internada no Hospital São Luiz e, mesmo recebendo os cuidados médicos, não conseguiu resistir. Heitor, que seria o primeiro filho de Mariuza com seu atual marido, também não sobreviveu à doença.

Ermindo Pereira dos Santos, de 32 anos, que era companheiro de Mariuza, lamentou a perda: “Essa doença destruiu nossos sonhos antes deles se tornarem realidade. Esse vírus levou meu filho e minha esposa, destruiu a minha família“, disse.

Ermindo e Mariuza moravam juntos há aproximadamente 1 ano e tinham muita vontade de oficializar a união. Eles haviam agendado o casamento para o dia 15 de julho, data em que a mulher iria chegar aos seis meses de gravidez.

“Eu tinha o sonho de construir uma família e esse vírus acabou com tudo. Estou tentando juntar os pedaços porque é horrível você ver a pessoa que ama partir dessa forma“, desabafou o companheiro de Mariuza pouco depois da morte.

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.